Dunamis Vinhos | Notícias
117

Espumante Dunamis Extra Brut é Ouro

Premiação foi concedida na 9ª Concurso do Espumante Brasileiro, que ocorreu em Garibaldi

As borbulhas delicadas e intensas do Dunamis Extra Brut encantaram o seleto júri formado por 44 membros do IX Concurso Do Espumante Brasileiro, resultando na Medalha Ouro para a bebida elaborada pela Dunamis Vinhos e Vinhedos. A premiação foi resultado de dois dias de degustações por um júri composto de enólogos, sommeliers e jornalistas especializados, em um evento que reuniu 264 amostras, o maior número desde o início do concurso.

A Medalha de Ouro na nona edição do Concurso do Espumante Brasileiro traz para a Dunamis mais uma importante conquista no ano de 2015 e confirma o que o mercado já traduz em vendas para a vinícola, que aposta em vinhos jovens e descomplicados. A estrutura delicada do espumante agrada o paladar dos apreciadores da bebida e garante com que a Dunamis se posicione de maneira cada vez mais ativa na preferência do consumidor. Para o enólogo da Dunamis, Vinícius Bortolini Cercato, a premiação reflete os princípios da Dunamis Vinhos e Vinhedos, que trabalha com excelência em qualidade em todo o processo de elaboração de seus produtos. “Temos a premissa de respeitar o meio ambiente e obter ao máximo o potencial das uvas que cultivamos. Nossos espumantes provêm de uvas cultivadas na Serra Gaúcha, resultando em bebidas estruturadas e que trazem todo o terroir da região, reconhecida pela excelência na elaboração de espumantes”, pontua Cercato.

O espumante Dunamis Extra Brut é um rótulo Blanc de Blancs Chadonnay: composto inteiramente a partir de uvas brancas, com a força de seu terroir da Serra Gaúcha, mais precisamente de Cotiporã, onde a Dunamis mantém seus vinhedos para o cultivo da uva. Elaborado pelo método tradicional, com uvas 100% Chardonnay, o espumante traduz o conceito da vinícola. “Na elaboração de nossos espumantes, procuramos manter a jovialidade presente também em nossos vinhos. A estrutura e os aromas são específicos do champenoise, mas de maneira mais delicada e com sabor e aromas elegantes”, esclarece o enologo. A maturação de 18 meses traz características varietais do Chardonnay, com notas de pão torrado e amêndoas, frutas secas e frutas brancas.

SOBRE O CONCURSO

Realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE), o evento contou com dois dias de degustações, onde 264 amostras provenientes de 70 vinícolas de 10 regiões produtoras do Brasil foram degustadas por 44 enólogos divididos em cinco júris, cada um com amostras diferentes. As degustações aconteceram nos dias 14 e 15 de outubro, somente na parte da manhã, na Câmara da Indústria e Comércio de Garibaldi (CIC). Os trabalhos seguiram normas da Organização Internacional da Uva e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE).

A divulgação dos resultados e entrega das medalhas ocorreu em coquetel realizado no dia 16 de outubro, no CTG Sentinela da Serra, no Parque da Fenachamp, integrando a programação da Festa do Espumante Brasileiro. Foram premiados os espumantes melhores classificados por categoria, respeitando o limite de 30% dos inscritos.

  • Compartilhe